Judô – Conheça um pouco sobre essa arte marcial.

ANÚNCIO

O decorrer da história da humanidade teve vários eventos. Chegando a haver conflitos, guerras, várias coisas onde o ser humano pudesse se sobressair por cima ou até mesmo vivo. Com isso, surgiram as artes marciais, onde até mesmo uma pessoa de estrutura física considerado “frágil” pode conseguir dar a volta por cima. Judô é uma das artes no meio de tantas espalhadas no mundo que foram surgindo com o decorrer dos anos, e hoje vamos descobrir um pouco sobre esse famoso estilo de luta.

Judô: arte marcial de origem oriental.

História do Judô (resumo)

Mas e o judô? Fazendo um breve resumo, é uma arte marcial esportiva. Criado no Japão, em 1882, pelo professor de Educação Física Jigoro Kano. Ao criar a arte marcial, Kano tinha como objetivo criar uma técnica de defesa pessoal, além de desenvolver o físico, espírito e mente. Esta arte marcial chegou ao Brasil no ano de 1922, em pleno período da imigração japonesa. O esporte teve uma grande aceitação no Japão, espalhando, posteriormente, para o mundo todo, pois possui a vantagem de unir técnicas do jiu-jitsu (arte marcial japonesa) com outras artes marciais orientais.

Luta e regras

As disputas de judô são praticadas em um tatame de formato quadrado. Cada luta dura até 5 minutos. Vence quem conquistar o primeiro ippon. Mas se até final da luta nenhum lutador conseguir o ippon, vence aquele que tiver mais vantagens.

  • Ippon: o objetivo do judô é conquistar o ippon (ponto completo). O ippon é conquistado quando um lutador consegue derrubar o adversário, imobilizando-o, com as costas ou ombros no chão durante 30 segundos. Quando o ippon é concretizado o combate se encerra.
  • Wazari: Outra forma de conquistar o ippon é através da obtenção de dois wazari, que valem meio ponto (vantagem). O wazari é um ippon que foi aplicado de forma incompleta, ou seja, o adversário cai sem ficar com os dois ombros no tatame.
  • Yuko: Quando o adversário vai ao solo de lado. Cada Yuko vale um terço de ponto.
  • Koka: A menor pontuação do judô. Vale um quarto de ponto. Ocorre quando o adversário cai sentado. Quatro kokas não gera o final da luta, embora ele seja cumulativo.

Proibições

Durante a luta, não são permitidos golpes no rosto ou que possam provocar lesões no pescoço ou vértebras. Entretanto, são proibidos também os golpes no rosto do adversário o que é um diferencial em comparação a outros esportes. Quando estes golpes são praticados, o lutador é penalizado e, em caso de reincidência, pode vir a ser desclassificado.

ANÚNCIO

Faixas (Graduação dentro do esporte)

No Brasil, as graduações do judô são feitas através das cores das faixas, que são amarradas no quimono. São elas (de menor nível para o maior): branca, cinza, azul, amarela, laranja, verde, roxa, marrom, preta. As cores das faixas determinam o “nível” do lutador, sendo a faixa preta considerado o “mais forte” dentro do esporte, alguém que já passou todas as fases do esporte e o dominou.

Mas e ai, o que achou desse breve resumo de como é o judô? Afinal, conhecimento nunca é pouco. Não deixe de compartilhar com os amigos, vai que ambos se interessam pela pratica e não fazem o esporte juntos? Um rival sempre nos ajuda a melhorar. Comente também se tem algum outro esporte que gostaria de ver aqui, e não deixe de conferir outros de nossos trabalhos.

Confita também:

ANÚNCIO

Thalisson Gabriel

Gosto muito de basquete e e-Sports em geral. Escrevo para o Ei Sports e também para outros sites pertencentes ao grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo