Roberto Carlos aniversariante do dia! Relembre um pouco da trajetória do jogador.

Hoje, sexta-feira dia 10 de Abril de 2020, dia da Engenharia militar e do Engenheiro do Exército e também é dia de? Aniversário de Roberto Carlos! E dada a ocasião, vamos relembrar um pouco sobre a trajetória de um dos jogadores mais rápidos de seu tempo e detentor de um dos mais poderosos chutes da história do futebol!

Roberto Carlos da Silva Rocha

Nascido na cidade de Garça no estado de São Paulo em 1973, nos dias atuais atua como técnico, mas a sua fama não vem do cargo em que ocupa agora, seu fama, mais que merecida vem da posição em que atuava, como lateral-esquerdo. Considerado popularmente como o melhor lateral-esquerdo e o mais ofensivo da posição. Seu nome é homenagem ao cantor Roberto Carlos, mas vamos ao que interessa.

Inicio no Futebol

Seu inicio de carreira no mundo do futebol se deu no União São João Esporte Clube, da cidade Araras. Desde o incio de sua carreira no futebol, já atuando como lateral-esquerdo, sendo aos 16 anos já, titular do União de São João. Mesmo jogando em um time modesto chamou bastante atenção, sendo convocado para a seleção sub-20.

A passagem de Roberto Carlos pelo Palmeiras.

Ainda com 19 anos, Roberto Carlos, foi convidado pelo Galo para uma excursão na Europa, onde apresentando seu Futebol chamou a atenção de times Brasileiros, sendo contratado em 1993 ja com 20 anos pelo Palmeiras. Entre os anos de 1993 e 1995 durante o tempo em que atuou pelo Palmeiras deixou sua marca, sendo campeão do Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e Torneio Rio-São Paulo.

Para o Futebol Europeu

Após deixar sua marca no Palmeiras, Roberto desperto o interesse dos clubes Europeus, e sua primeira passagem foi no Internazionale Milano. Roberto fechou contrato com o time italiano ainda em 1995, avaliado em 7 milhões de Dólares, o que para a época era grande valor. Ele chegou já bem conhecido, pela sua ferocidade: excelente atuação na lateral esquerda, velocidade surpreendente e um chute canhoto que aterrorizava a defesa adversária. Mas o técnico da Inter por achar que as características que ele apresentava fossem as de um atacante, retirou ele de sua posição, o que fez com que o jogador não rende-se muito.

O Auge

Entretanto o seu auge aconteceu quando defendia pelo Real Madrid. Após não render o esperado no Inter, foi negociado com o Real Madrid, onde jogou durante 11 anos, fazendo história novamente. Durante a sua passagem pelo Real, Roberto conquistou: 3 Ligas dos Campeões, 2 Mundiais Interclube, a UEFA Super Cup, 3 Campeonatos Espanhol, além de três Supercopas da Espanha!

Ao total enquanto jogava no Real, participou de 584 partidas e marcou 71 gols sendo lateral esquerdo titular absoluto. Em 2006, conquistou a marca de jogador estrangeiro com mais participações na La Liga, com mais de 329 partidas jogadas.

Embora com o seu apice alcançado no Real Madrid, Roberto Carlos decidiu em 2007 por não renovar o seu contrato, e assinou contrato com Fenerbahçe, time Turco.Com um contrato de 2 anos, durante sua passagem pelo time da Turquia, conquistou apenas a Super Copa da Turquia.

Na Seleção Brasileira

Não muito diferente do Real Madrid, Roberto Carlos também foi lateral esquerdo titular absoluto da seleção brasileira. Participando de 3 copas do mundo, e ganhando uma delas em 2002 quando o brasil alcançou o Penta. Foi também em partida pela seleção brasileira que Roberto fez o seu e um dos gols mais bonitos da história do futebol, gol tão incrível que inclusive foi feito estudos científicos, sobre ele foi criado um termo chamado de Banana Shot, em referencia ao efeito em que a Bola faz com o formato de uma banana. Confira o Gol marcado a 35 Metros de distancia do Gol adversário:

Mas sua ultima passagem pela seleção não terminou muito bem, por possuir uma baixa estatura, ele não era responsavel por marcar na defesa, e enquanto arrumava seu meião, jogador o Thierry Henry marcou o gol que eliminou a seleção durante a copa de 2006. Após o acontecido a torcida cobrou e criticou muito o jogador, que chegou a dizer que não atuaria mais pela seleção. Pela seleção durante 126 jogos, enquanto Roberto Carlos esteve como titular o Brasil venceu 80 partidas, empatou 30 e perdeu 16 vezes.

A volta de Roberto Carlos ao Futebol Brasileiro

Após vencimento de seu contrato com o Fenerbahçe, o lateral esquerdo retornou para o futebol brasileiro, embora com 37 anos assinou contrato valido por 2 anos, com o maior rival do Palmeiras por onde já passou. No entanto após o Corinthians, ser eliminado muito cedo na Libertadores em 2011, Roberto Carlos anunciou saída do Corinthians alegando ameaças feitas por torcedores. Após ocorrido o jogador anunciou contrato com time Russo.

Lateral Esquerda e Treinador

Após fechar com Anzhi Makhachkala, time russo recebendo braçadeira de capitão já em sua chega ao clube. Infelizmente em suas primeiras partidas atuando pelo time, Roberto sofreu atos racistas pela torcida adversária. A dupla função de Roberto Carlos, veio ainda mesmo em 2011, quando o treinador do Anzhi Makhachkala foi demitido, ele assumiu a função e ainda continuou a atuar jogando na lateral esquerda. Mas no ano seguinte veio…

A aposentadoria

Em Agosto de 2012 Roberto Carlos anunciou a sua aposentadoria como jogador, assumindo assim a função de diretor de futebol. Função que durou até 2013, quando fechou como técnico do Sivasspor. Desde que anunciou sua aposentadoria como jogador, atuou como técnico além de Sivasspor, de Akhisar Belediyespor, Al Arabi (foi anunciado como técnico, mas não exerceu a função por nenhuma partida) e Delhi Dynamos, onde encerrou sua carreira como técnico também.

Atualmente segundo o site transfermarkt, Roberto Carlos atual no Marketing/Gestão do Real Madrid.

Confira também:

Matheus Henrique

Um amante de esportes e e-Sports. Além de escrever para o Ei Sports escrevo também para outros sites pertencentes ao grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo