Após reunião entre CBF e Clubes, partidas seguem sem Público

ANÚNCIO

A CBF se reuniu mais uma vez com Clubes para discutir a se as partidas vão se manter sem público. A decisão chegada foi a de manter vetado o publico.

Não é a primeira vez em que uma reunião entre a entidade e representandos dos clubes brasileiros ocorre, entretanto o assunto em questão ficou em pendente da ultima vez. Isso porque, quando foi colocado a mesa terminou em bate boca, não chegando a nenhuma conclusão. Mas em nova reunião, finalmente foi chegado a uma decisão, com unanimidade entre todos os participantes, em Vetar a participação de Público nas partidas. O veto não possui uma validade, mas vai ser reavaliado em 15 dias.

A reunião contou com a presença de representantes de 19 clubes da série A do futebol brasileiro, e com representantes dos campeonatos. Entretanto, a reunião não contou com a participação de representantes tanto do Flamengo, quanto da Ferj.

Mesmo que com unanimidade na decisão, o presidente da CBF em nota declarou juntamente com presidentes dos clubes que são favoráveis ao retorno de publico nas partidas. Mas desde que seja gradual e que com a liberação feita pelas autoridades de saúde das regiões.

Quanto ao flamengo, o clube em nota explicou a sua ausência na reunião, alegando que não teria nada a sugerir a respeito do tema. Acrescentou também que o tema não é de competência, nem dos clubes tal qual da CBF e sim das autoridades sanitárias.

ANÚNCIO

Nota da CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os Clubes da Série A do Campeonato Brasileiro decidiram manter o veto à presença de torcedores nos estádios durante a realização do Brasileirão Assaí 2020, conforme previsto na Diretriz Técnica Operacional de Retorno das Competições, publicada em 24 de julho de 2020, que estabelece os protocolos de prevenção à epidemia de Covid-19.

A decisão foi tomada por unanimidade entre os 19 Clubes presentes, em reunião, por videoconferência, realizada na tarde deste sábado, 26, às 15h. O Clube de Regatas do Flamengo não esteve presente no encontro. Além dos Clubes da Série A, participaram da discussão os presidentes de Federações Estaduais que sediam jogos da competição.

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, e os presidentes dos Clubes declararam-se favoráveis ao retorno gradual do público aos estádios, desde que com aval das autoridades de saúde locais, de forma isonômica e guiado por todas as medidas protetivas previstas no estudo encaminhado pela CBF ao Ministério da Saúde.

Como isso, no momento, ainda não é possível, ficou acordada a retomada do debate do tema a cada 15 dias para reavaliação do cenário em âmbito nacional.

Com a decisão, a partida da Seleção Brasileira contra a Bolívia, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA 2022, no dia 9 de outubro, em São Paulo, igualmente será realizada sem a presença de torcedores.

Nota divulgada pela CBF após Reunião com Clubes e Organizações Estaduais

Fonte: GE.

Enfim, o que você acha a respeito das partidas ainda serem sem público? Já passou da hora de voltar ou mesmo com todas as medidas de segurança ainda não é um bom momento? Comente!

Confira também:

ANÚNCIO

Matheus Henrique

Um amante de esportes e e-Sports. Além de escrever para o Ei Sports escrevo também para outros sites pertencentes ao grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo