Fred pode pegar até 15 jogos de gancho em julgamento no STJD

O atacante Fred pode pegar até 15 jogos de gancho em julgamento no STJD por agressão; a denuncia veio do lance contra Ronald do Fortaleza, por agressão e ato desleal. Entenda melhor a seguir.

A temporada de Fred pode ser interrompida no próximo nesse fim de semana, e retornar apenas em 2022. O jogador vai ser julgado na sexta-feira (29) no STJD, onde recebeu uma denuncia nessa quinta-feira. Denuncia grave de agressão e ato desleal contra o jogador Ronald na partida contra o Fortaleza.

O Ocorrido

Por mais que ele não tenha sido expulso durante a partida, as gravações mostraram claramente a má conduta do jogador contra o adversário. Na situação, Fred acertou o pescoço de Ronald, após ele tentar lhe aplicar um chapéu. Irritado, Fred ainda “tentou” levantar ele do chão o puxando pela camisa.

Na partida Fred levou apenas um cartão amarelo. Mas com a prova do vídeo, acabou sendo denunciado, a prova do vídeo é prevista no artigo 65 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). De acordo com a procuradoria Fred cometeu a dupla infração, a de agressão ao chutar o adversário, e de ato desleal (ou hostil) ao tentar puxar ele pela camisa.

De gancho até o ano 2022

O Fluminense tem pela frente 11 jogos pelo Brasileirão, o que faz com que caso no julgamento Fred leve a penalidade de 15 jogos, encerre agora mesmo a sua participação na temporada. O que seria um grande desfalque para o Flu, onde Fred é peça chave.

Os 15 jogos de gancho, podem acontecer caso o jogador leve a punição tanto sobre a Agressão, quanto pelo Ato Desleal. A punição de Agressão vai de 4 até 12 partidas de gancho, enquanto que a de ato desleal tem punição de 3 jogos. Portanto, no total, a suspensão pode chegar até 15 partidas.

Leia também:

O Fluminense tem um clássico nesse fim de semana contra o Flamengo, mas Fred ainda tem participação incerta na partida por causa de uma fissura no seu dedo do pé esquerdo.

Matheus Henrique

Um amante de esportes e e-Sports. Além de escrever para o Ei Sports escrevo também para outros sites pertencentes ao grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo