Navid Afkari: Campeão de Luta Olímpica é Executado no Irã

ANÚNCIO

O Lutador Iraniano Navid Afkari foi executado no Irã. Ele foi condenado por assassinato, e teve a pena expedida, mesmo que a defesa tenha alegando falta de provas. O COI ( Comitê Olímpico Internacional) criticou a ação.

Navid Afkari, campeão iraniano de luta olímpica, era acusado de ter esfaqueado e matado um segurança durante protestos em 2018 contra o governo. A defesa do Lutador alegava pela falta de provas que incriminariam ele, mas não foram atendidos. Sendo notificados esse sábado, dia 12 que o lutador teria sido executado na prisão de Adelabad em Shiraz, no sul do país. Navid Afkari teria sido executado por enforcamento.

Comoção Global por Navid Afkari

Uma enorme campanha global foi feita na internet pela causa do lutador. Apelos vindo de todos os paises, de líderes, e inclusive vindos do Comitê Olímpico Internacional, para que o lutador não fosse executado. Inclusive o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na ultima semana postou em seu twitter, um apelo para que o governo do Irã não o executasse.

https://twitter.com/realDonaldTrump/status/1301627761715490817

Entretanto todo o apelo feito por fãs, atletas, organizações esportivas, e pessoas influentes não surtiu nenhum efeito sobre a pena imposta sob o lutador. O COI se pronunciou estar Chocado com a execução, e condenou a ação do governo Iraniano:

“É profundamente lamentável que os apelos de atletas de todo o mundo, e todo o trabalho do COI, com o Comitê Olímpico Iraniano, a Federação Internacional de Luta Livre e a Federação Iraniana de Luta Livre, não tenham alcançado seu objetivo”

Além de lamentar o ocorrido, a organização também se solidarizou com a família do atleta.

ANÚNCIO

Além de Afkari, seus dois irmãos Vahid e Habib também foram sentenciados pelo mesmo crime. Ambos sentenciados a longas penas, que estão confinados no mesmo presidio em que Afkari estava.

Confira também:

ANÚNCIO

Matheus Henrique

Um amante de esportes e e-Sports. Além de escrever para o Ei Sports escrevo também para outros sites pertencentes ao grupo SED.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo